• Vivian Laube

É preciso celebrar!


O Dragon Dreaming, metodologia de gestão de projetos criada pelo australiano John Croft, nos ensina que um projeto de sucesso passa por quatro fases: o sonho, o planejamento, a realização e a celebração.


Em julho de 2018 eu sonhei que mudaria minha vida profissional iniciando uma nova atuação como facilitadora de workshops e palestras com base na comunicação não violenta. Este sonho nasceu quando li o livro do Marshall Rosenberg e fiquei encantada com este modo de nos comunicarmos que fez muito sentido para minha vida.


Num primeiro momento, quis conhecer melhor o assunto e participei de uma imersão na Uniluz, em São Paulo. A conexão foi total e ali nasceu uma grande vontade de começar a planejar um novo futuro para minha atuação profissional.


Quando fiz a imersão aprofundada em comunicação não violenta, um convite gritou dentro de mim: Vamos Aprender a Conversar?


A partir desta inspiração, iniciou a fase do planejamento, na qual desenhei diversas possibilidades de cursos e palestras, estudei, pesquisei, contatei com pessoas que poderiam abrir portas, fiz meu site, fui a luta, literalmente.


A terceira fase, da execução, nasceu em outubro de 2018 quando realizei meu primeiro workshop aberto. De lá para cá, foram mais de 100 eventos realizados, tendo atingido mais de 3 mil pessoas.


Hoje quero celebrar esta grande vitória! Num ano crise, eu consegui abrir portas em diversos lugares, instituições, universidades, empresas, e atingi meu objetivo de levar a comunicação não violenta à um grande número de pessoas, inspirando-as a refletirem sobre empatia, julgamento, sentimentos, necessidades, pedidos, conexão, compaixão.


Foi certamente um dos períodos mais intensos da minha vida profissional, feita de tantos recomeços. Mas desta vez, sinto que estou conectada verdadeiramente com o que posso fazer de melhor para deixar uma contribuição para o universo.


Como disse Theodore Roosevelt, num discurso feito na Sorbonne em 1910,

“Não é o crítico que importa; não aquele homem que aponta como o homem forte fraqueja, ou onde aqueles que realizaram algo poderiam tê-lo feito melhor. O crédito pertence ao homem que encontra-se na arena, cuja face está manchada de poeira, suor e sangue; aquele que esforça-se bravamente; que erra, que se depara com um revés após o outro, pois não há esforço sem erros e falhas; aquele que esforça-se para lograr suas ações, que conhece grande entusiasmo, grandes devoções, que se entrega à uma causa nobre; que, no melhor dos casos, conhece no fim o triunfo da realização grandiosa, e quem, que no pior dos casos, se falhar, ao menos falha ousando grandeza, para que seu lugar jamais seja com aquelas frias e tímidas almas que não conhecem vitória ou fracasso.”


Este discurso está completamente conectado com os ensinamentos da Brené Brown quando ela diz: “a vulnerabilidade é a medida mais precisa da coragem”.


Com certeza foi com muita vulnerabilidade que eu me joguei nesta arena, me expondo a erros e acertos, a elogios e críticas, a conquistas e frustrações.


Por isso, me considero uma grande vitoriosa e tenho muito orgulho da trajetória que eu iniciei, sabendo que tenho pela frente infinitas possibilidades de levar adiante meu sonho, planejar e realizar cada workshop, cada palestra, cada conversa em círculo, e celebrar ao final de cada evento, acolhendo as críticas e sugestões, refletindo sobre o que poderia ser melhor, e aprimorando para a próxima oportunidade.


Que sejam muitas pois sei que tenho muito a contribuir para que as pessoas tenham relações mais amorosas e respeitosas. Eu aprendo todos os dias.


Neste momento de celebrar não posso deixar de agradecer a todos e a cada um que escolheu escutar minha fala e aprender algo diferente comigo. Agradecer a todos que me abriram portas e confiaram na minha capacidade. Agradecer a todos que de alguma forma, me apoiaram e incentivaram. Agradecer ao universo por ter me mostrado este caminho e me colocado diante de um grande desafio, pelo qual me apaixonei e transformei em propósito de vida.


Gratidão!


Vivian Laube

LF Comunicação Integrada

Palestrante e facilitadora de comunicação não violenta.

(51) 98160390

LF-Comunicação-Integrada_Logo_ok-1.png
BLOG